Goiás24horas incomoda porque questiona, aponta contradições e tem opinião que movimenta o debate

Que motivos levam tanto o Goiás24horas a incomodar?

O que dizer quando alguém se irrita com o Goiás24horas? Primeiro, que não entende nada de jornalismo. Segundo, que não tem espírito democrático. E terceiro que é alguém que tem sérios problemas psiquiátricos, pois perdeu o bom senso, digamos o elã para a vida.

O Goiás24horas resgata o Direito à Informação em toda sua plenitude, um direito que foi objeto de luta antes, durante e depois da Revolução Francesa. Gente morreu por ele. E hoje ele está lá, plasmado no artigo 5º da Constituição, como um direito nobre, uma cláusula pétrea.

Direito à informação não é direito de bajular os outros. É direito de mostrar as contradições, as denúncias, os conchavos, as artimanhas, a politicagem. Não, definitivamente o direito à informação é positivo e negativo. E o Goiás24Horas o exerce positivamente com esmero e muito bom humor, sem praticar calúnia nem qualquer outro ilícito. Nós revelamos e interpretamos fatos públicos e notórios ou documentados.

Mas, então por que motivo, afinal, Goiás24horas amedronta tantos? Simples. A resposta é que ele foi resgatar lá nos primórdios do jornalismo o direito à opinião. Tem muita gente entregue às práticas das rotinas produtivas, raptados pelo consumo excessivo de notícias como produto capitalista e que se esqueceu que a origem do jornalismo, o DNA do jornalismo, é a opinião. Esses carrapatos da informação ficam agora indignados com a opinião. Estavam acostumados em bajular e serem bajulados.

Se esquecer dessa origem histórica é o mesmo que cair na vala comum dos analfabetos funcionais, que não sabem bem por onde pisam. Aqui, neste conjunto de bits, você, leitor, pisa, a opinião. E a opinião baseada em fatos, amarrada na realidade, quase objetiva.

Trata-se do mais puro jornalismo, o jornalismo feito antes de arriar as calças para o capitalismo, antes de se tornar uma empresinha de bajulação do mercado, antes de ficar nas tetas dos poderosos. Esse Goiás24horas é jornalismo antes de inventarem esse tal lead, instrumento de mercado para embalar informações, é jornalismo antes de tentarem camuflar a notícia como verdade – quando nem mesmo a ciência é a verdade.

Nós damos nossa opinião, narramos fatos, trazemos à tona o que muitos desejam esconder. Cabe ao leitor decidir em quem acreditar. E eles têm acreditado no Goiás24horas, pois uma informação divulgada neste webjornal demora cerca de 40 segundos para já estar nas redes sociais, sendo comentada por milhares de pessoas e se multiplicando por 10 em poucos minutos. Esse é o tempo que demora o início da circulação da informação do Goiás24horas: poucos segundos.

O Goiás24horas não vai se calar. Por um bom motivo. O que nos motiva é a opinião. E opinião é paixão. E paixão não se compra nem com dinheiro, nem com poder. Os políticos corruptos, aqueles que nos incomodam com sua postura débil e suas contradições e os fatos que foram esquecidos e acumulados, podem ter certeza, estarão em nossas páginas de HTML reverberando para o mundo, escorrendo feito pólvora no motor de buscas Google e fervilhando nas redes sociais.

E tenham uma certeza: repercutirão, se espalharão e – não tenham dúvidas – serão uma marca na história daqueles que temem o sol da Justiça. Pois é bem provável que as notícias e opiniões aqui publicadas serão documentos em processos judiciais contra os que fazem as coisas erradas e não concordam que a opinião movimenta o debate. Goiás24horas, anotem, será um marco: antes dele e depois.