Prefeito Paulo Garcia reclama que não foi sequer convidado para caravana da oposição

Em entrevista à Rádio 730, o prefeito de Goiânia e pré-candidato a governador Paulo Garcia (PT) mandou o aviso: não vai participar da barca furada que os deputados do PT e PMDB batizaram como caravana da oposição. E reclamou que não foi sequer chamado a participar.  “Eu não fui convidado e acho que não é a minha função neste momento”.

Paulo é pré-candidato a governador e lidera uma ala do PT que aposta na fragilidade física de Iris Rezende (PMDB) e na falta de nomes competitivos no PMDB para se impor como candidato. Na entrevista, ele revelou que acalenta o sonho de unir a oposição.

“Eu defendo que nós devemos apresentar à sociedade um projeto mínimo que contenha o desenvolvimento que nós desejamos e propomos para o Estado de Goiás. A partir disto nos unificarmos”.