Lula será finalmente investigado por participação no episódio do mensalão

Demorou, mas chegou a hora: o Ministério Público Federal abriu investigação sobre a participação do ex-presidente Lula no esquema do mensalão. A base para o inquérito será o depoimento do operador do esquema, o publicitário Marcos Valério, que informou ter pago despesas pessoais de Lula, entre outras irregularidades envolvendo o ex-presidente.

O escândalo do mensalão, oganizado dentro do Palácio do Planalto, permitiu a Lula criar a jurisprudência que hoje, vira e mexe, é utilizada até pelos deputados da Assembleia Legislativa de Goiás quando estouram escândalos no âmbito da Casa: “Eu não sabia”.

Desculpa esfarrapada.

O problema é que, entre as informações repassadas por Marcos Valério aos procuradores federais, esta uma que é nitroglicerina pura: ele conta que esteve com Lula no gabinete presidencial e conversou sobre o mensalão.