Antes barulhento, Waguinho Siqueira se cala e deixa na mão colegas do PT e do PMDB

Quem não o conhece não pode mais ver pra crer.
Quem jamais esquece não pode reconhecer.

Os versos de Chico Buarque podem ser, com justiça, endereçados ao antes barulhento Waguinho Siqueira, que estranhamente se calou e não dá mais um pio sobre crise da Assembleia, desempenho do governo ou traições da oposição.

Aliás, ninguém o ouve emitir opinião sobre mais nada, seja o time de Felipão, o bóson de Higgs a morte de Chávez ou a overdose de Chorão.

Antes maestro da banda marcial do PT e PMDB, Waguinho agora está encastelado no limites geográficos do seu gabinete na prefeitura.

Pior é que, como secretário de Governo, ninguém sabe de uma ação sequer do peemedebista.

Quem te viu, quem te vê.