Pelo Twitter, Dona Iris tenta explicar porque não chamou Paulo Garcia para caravana

A deputada federal Iris de Araújo (PMDB) tentou sair da saia-justa em que se meteu ao não convidar o prefeito de Goiânia, Paulo Garcia (PT), para a sua caravana de oposição. Logo Paulo, um dos mais esforçados pré-candidatos a governador.

“Não entendo o porquê de tanta celeuma. Caravana de oposição é para os que se sentem oposição. Eu me sinto e portanto vou”, disse a deputada. “E comparecerei em todas que surgirem. Mesmo sem convite. Movimentos dessa natureza não carecem de convites, mas de adesões”.

Na semana passada, depois da missa em memória do ex-governador Mauro Borges, Paulo Garcia lamentou não ter sido convidado e que, por consequência, não participaria de qualquer mobilização nesse momento.

De grão em grão, PT e PMDB vão se afastando. Talvez em definitivo.