Vendas na T-63 caem 30%, reclama presidente da Acieg. Culpa do Paulo Garcia

Depois que foi proibido, sem discussão prévia com ninguém, o estacionamento na avenida T-63, no setor Bueno, para a implantação do corredor de transporte coletivo urbano as vendas do comércio na região caíram 30%, revelou a presidente da Associação Comercial e Industrial do Estado de Goiás, Helenir Queiroz, em entrevista à rádio Vinha FM.

O comércio da região caminha para fechar as portas. Culpa do prefeito Paulo Garcia que fez a intervenção sem debate prévio.