Crise da Assembleia: jornalista diz que argumentos de Valin seriam “cômicos se não fossem trágicos”

O escândalo da Assembleia continua a mobilizar jornalistas e as redes sociais, que explodem em indignação e revolta com a farra dos altos salários.

Da tropa de choque do PMDB, o jornalista Rodrigo Czepak faz crítica dura à entrevista do presidente Helder Valin, que tentou explicar o inexplicável. Para Rodrigo, os argumentos utilizados por Valin para justificar os supersalários seriam “cômicos se não fossem trágicos”.

Pois é.

Veja o post:

Rodrigo Czepak @rodrigoczepak

Argumentos utilizados por Helder Valin p/ justificar supersalários durante coletiva seriam cômicos se não fossem trágicos.