Empresário de Goiânia doa R$ 50 milhões em obras de Dalí para a prefeitura… de São Carlos

O empresário (fazendeiro) Lover Ibaixe, que mora em Goiânia há 10 anos, doou 100 gravuras e pinturas originais de Salvador Dalí para a prefeitura de São Carlos, cidade onde nasceu, no interior paulista. O conjunto é avaliado em R$ 50 milhões.

As gravuras estão atualmente guardadas em um banco em Goiânia. Até hoje, elas só foram expostas no Congresso Nacional, dando origem a uma edição de luxo de um livro com cópia das 100 gravuras.

As obras foram produzidas por Dalí no final da década de 1950 e retratam passagens da Divina Comédia, obra seminal do poeta italiano Dante Alighieri (1265-1321).

Lover Ibaixe, 80, afirma que adquiriu a coleção na década de 1960 da mulher do pintor, Gala. Ele diz que não sabe o valor da coleção porque nunca pensou em vendê-la. São retratadas 33 cenas do “Inferno”, 33 do “Purgatório” e 33 do “Paraíso” e do poeta Dante Alighieri. A obra foi trocada por 300 moedas de ouro austríacas.

Ibaixe afirma que foi até a casa do artista com um amigo jornalista, durante uma estadia de três meses na Espanha. Lá, demonstrou interesse em adquirir um trabalho do pintor.

Gala, segundo ele, não foi receptiva ao negócio, mas quando viu uma das moedas de ouro, que o empresário colocou estrategicamente sobre a mesa, mudou de opinião.