Para ser candidato ao governo, Friboi terá de enfrentar a si próprio: ele não sabe falar

Secretário Giuseppe Vecci: em um confronto com Friboi, gozaria de larga vantagem
Secretário Giuseppe Vecci: em um confronto com Júnior Friboi, ele gozaria de larga vantagem

Para viabilizar o projeto de disputar com reais condições o governo de Goiás vai exigir muito do empresário Júnior Friboi (PSB). Os obstáculos são enormes e difíceis de superar. Talvez o mais penoso deles é a incrível dificuldade que Friboi tem de expressar as suas ideias. O empresário fala mal em público. É prolixo. Não tem contundência e muito menos propostas para apresentar.

Em um debate com Júnior do Friboi, para ficar num exemplo, o secretário de Planejamento, Giuseppe Vecci, terá extrema facilidade de desmontá-lo. Friboi não é nenhum néscio, mas, quando fala, não exibe consistência e parece não ter informações qualificadas e precisas sobre Goiás. O discurso de empresário que deu certo raramente funciona em campanha eleitoral. Num debate de ideias, ou de apresentação de análise da economia goiana ou brasileira, Vecci tende a triturar o sócio do JBS Friboi.