Arte da enrolação: ao baixar salários de diretores, Valin dá os anéis para salvar os dedos

Com experiência de sobra na administração de crises na Casa, o presidente da Assembleia de Goiás, deputado Helder Valin, tentou debelar o escândalo dos supersalários com um projeto de resolução aparentemente reduzindo os salários de diretores do parlamento.

Aparentemente porque, na Assembleia, as coisas nunca são o que parecem.

Longe de resolver o problema que é criticado pela sociedade e imprensa, Valin ofereceu o corte nos vencimentos da direção da Assembleia como uma forma de apagar o incêndio maior que é a abertura total da caixa-preta da Casa.

Cede os anéis para salvar os dedos.

Mas, pelo visto, a estratégia não está dando certo e a novela dos escândalos da Assembleia promete novos, calientes e cabeludos capítulos.