Exemplo de Justiça rápida: responsáveis por arrastões em bares pegam 9 anos de cadeia

A juíza Placidina Pires, da 10ª Vara Criminal, condenou, nesta quinta-feira (11), Pedro Henrique Vieira de Oliveira e Elielson Alves de Oliveira Araújo pelos arrastões realizados em três restaurantes, localizados em bairros nobres de Goiânia.

Eles pegarão 9 anos de prisão, em regime fechado, pelos crimes de quadrilha armada, roubo e corrupção de menores. Eles deverão, ainda, reparar os danos das vítimas identificadas. De acordo com a juíza, o cumprimento do regime fechado visa a garantia da ordem pública, com a justificativa de que ‘em liberdade, poderão vitimar outras pessoas’. Quanto à reparação do dano, conforme previsto do artigo 387 do Código de Processo Penal, Pedro Henrique e Elielson deverão pagar, no total, R$ 30,4 mil para as vítimas.

A quadrilha, formada por Pedro Henrique, Elielson e mais três menores, assaltou a mão armada três restaurantes em bairros nobres da capital nos dias 23 e 26 de outubro e 2 de novembro de 2012. Nos assaltos, o grupo roubava objetos e dinheiro dos clientes, além de levar quantias pertecentes aos estabelecimentos. Nas fugas, eles utilizavam um veículo roubado.

(matéria do site do Tribunal de Justiça)