Com debandada, DEM perde força e caminha para virar partidinho nanico em Goiás

O senador Demóstenes Torres foi cassado. O deputado Nilo Rezende foi para o TCM. O vice-governador deve ir para o PP. Agora, o senador Wilder Morais anuncia que namora com o PMDB.

A debandada de lideranças do Democratas de Goiás sela o futuro inglório da legenda: se transformar numa legenda nanica, com a presença apenas do deputado Ronaldo Caiado.

Que, mesmo diante de tudo isso, insiste no projeto solo de ser candidato ao governo em 2014.