Paulo Garcia volta ao Twitter neste domingo, mas não pede desculpas à internauta

O prefeito Paulo Garcia (PT) voltou ao Twitter na manhã deste domingo, mas não se desculpou com a servidora pública Fábia Oliveira, agredida por ele ontem depois de ter sido questionado sobre o caos na saúde pública em Goiânia.

O petista a acusou de ser remunerada para atacá-lo, numa grosseira sem tamanho. O destempero do prefeito não faz sentido porque a tuiteira fez uma cobrança como cidadã que paga impostos.

Vamos dar um tempo para o prefeito esfriar a cabeça. Ainda tem tempo para ele reconhecer o erro, largar de ser turrão e desculpar-se com a moça.

É o que qualquer governante faria numa democracia.