Friboi avisa que quer o PSB como puxadinho do PMDB nas eleições de 2014

A transferência de Júnior Friboi para o PMDB é parte do plano do Palácio do Planalto para esvaziar a candidatura do governador de Pernambuco, Eduardo Campos, à presidência da República.

A presidente Dilma vai tirar, do PSB, um dos maiores doadores de campanha das últimas eleições. Friboi investiu muito dinheiro em dezenas de candidaturas diferentes. Só Dilma recebeu R$ 6 milhões.

Empreende-se, portanto, que qualquer articulação política minimamente coerente poste PSB e PMDB em lados opostos desde já, posto que a conjuntura nacional é de confronto entre Eduardo Campos e o PT. Certo?

Errado. Pelo menos na cabeça de Friboi, é possível abraçar o mundo com as pernas e comandar PMDB e PSB ao mesmo tempo. Trocando em miúdos, Friboi considera subjugar o debate político ao poder das verdinhas.

Das duas, uma: ou o empresário é muito inocente ou muito pragmático.