Sob acusação de ser ficha suja, Nicomedes toma posse como desembargador

Nota no Portal 730 diz que Nicomedes Borges assumiu vaga no Tribunal de Justiça do Estado, nesta segunda-feira, sob questionamento do Fórum estadual de combate à corrupção.

 

Veja o inteiro teor:

 

Nicomedes Domingos Borges tomou posse nesta segunda-feira (15) como desembargador do Tribunal de Justiça do Estado de Goiás, assumindo a vaga do quinto constitucional, destinada à advocacia, no lugar do desembargador Paulo Teles, agora aposentado.

O novo desembargador, que é ex-presidente da Saneago, e apontado como ficha suja, alegou que lida com serenidade ao fato de o fórum de combate à corrupção tentar impedir a atuação dele no tribunal de justiça.

“As pessoas que entenderam que deveriam me impugnar me impugnaram, tiveram direito, lutaram em todas as instâncias, e perderam em todas. Devo imaginar que estavam errados. Esse é o fortalecimento da democracia. Se eles tiverem razão, eles vão obter sucesso. Eu estou absolutamente sereno”, explica.

Nicomedes Borges foi o mais votado na lista sêxtupla da OAB – GO, com 43 de 44 votos válidos, sendo o segundo mais votado pela corte especial do Tribunal de Justiça, com nove votos. É a primeira vez que a votação não é secreta.

O presidente da OAB-GO, Henrique Tibúrcio, declarou que o fato de pesar contra Nicomedes Borges uma ação civil pública não o impede de atuar no TJ Goiás.

“É levar a visão de quem esteve muito próximo do cidadão ao TJ. Pesava contra ele uma denúncia de ação civil pública, que não é impedimento para que se dispute a vaga. A lei da Ficha Suja exige que haja uma condenação pelo colegiado para que a pessoa não possa assumir os cargos, não é o caso dele (Nicomedes Borges)”, relata.

O novo desembargador é natural de Itumbiara, tem 60 anos de idade, e 15 anos dedicados à advocacia.