Djalma faz poesia na tribuna: “Podem destruir uma árvore, uma rua, mas não vão destruir a primavera”

Pegou fogo a sessão da Câmara de Goiânia, nesta terça-feira, durante a votação de mudanças propostas pelo prefeito Paulo Garcia no Plano Diretor.

Com as galerias lotadas, o vereador Djalma Araújo fez discurso emocionado contra a revisão no documento que orienta o crescimento da cidade, em especial contra a obra do Grupo Hypermarcas na região Norte, que ele representa.

“Podem destruir uma arvora, uma rua, mas não vão destruir a primavera”, discursou.

“Eles que têm de mudar e não os moradores, o verde”, finalizou.