Muito conveniente: Assembleia atrasa prestação de contas da verba indenizatória de março

A prestação das contas da verba indenizatória dos 41 deputados estaduais, referente a março, ainda não foi colocada no site da Assembleia Legislativa.

Convenientemente, devido à onda de denúncias e escândalos que abala a credibilidade do Legislativo estadual, o atraso pode ser estratégico, visando a ganhar tempo para – como tem dito aos deputados o presidente Helder Valin – dar tempo e linha para que a imprensa se esqueça do Poder.

Se a Assembleia é uma grande caixa preta, repleta de segredos que os deputados fazem de tudo para não deixar chegar ao conhecimento público, a verba indenizatória é uma das principais subseções dessa caixa preta.

Todos os meses, cada deputado embolsa R$ 21 mil mediante uma “prestação de contas” que ninguém nunca viu e que só é colocada no site em forma de um resumo, sem referência a notas fiscais ou empresas fornecedoras de mercadorias ou prestadoras de serviços para os parlamentares