Morte de moradores de rua: Helio Telho é mais um a contestar a ministra: não há razão jurídica para federalizar

O procurador federal de Justiça, Hélio Telho, postou agora há pouco no Twitter que não há motivos jurídicos para a federalização da investigação das mortes de moradores de rua em Goiânia.

A ministra Maria do Rosário, para atingir o governador Marconi Perillo, politiza o caso e defende a Polícia Federal na apuração.

Blábláblá puro.

 

Veja o post:

 

Helio Telho @HelioTelho 50 min

Declarações da ministra injetaram adrenalina na policia de GO, embora não exista razão jurídica para federalizar o caso dos moradores de rua

 

LEIA MAIS:

Jornalista dispara: “Não vou aceitar essa ministra achincalhar a PM e a PC”