Nas entrelinhas: artigo de Batista Custódio é o rompimento do DM com Marconi?

O fim de semana se aproxima e ainda repercute o artigo do jornalista Batista Custódio publicado na edição de segunda-feira do Diário da Manhã.

Intitulado “A Voz da Alma”, o artigo faz digressões poéticas e filosóficas, para, no final, assumir um tom extremamente objetivo. Batista adverte o governador Marconi Perillo sobre a inviabilidade de disputar um quarto mandato – “a derrota é certa”, prevê – e garante que há uma tropa de “inimigos entre os amigos que estão empurrando Marconi dentro dessa contramão da história”.

Batista lembra que há “presenças nefastas” no governo e que o governador “não deve se deixar levar pela mão de seda dos aduladores”.

Numa metáfora difícil de ser entendida, o artigo é ilustrado com a foto de uma cobra engolindo outra.

Mas, no fecho do artigo, Batista promete que, quando estiver sozinho, aí sim é que Marconi o verá ao seu lado.