Prefeitura estimula estacionamento vertical para igrejas, mas depois veta

Na administração do prefeito Paulo Garcia (PT) funciona assim: dá-se com uma mão, retira-se com a outra.

Quando o projeto que promoveria mudanças no Plano Diretor ainda estava em fase embrionária, interlocutores de Paulo Garcia chamaram o vereador Richard Nixon (PRTB) e pediram a ele que apresentasse uma emenda – independente do poder Executivo – para autorizar os templos religiosos a construir estacionamentos verticais.

Agora que projeto e emenda foram aprovados pela Câmara Municipal, a prefeitura age como se não fosse com ela. Avisa que Paulo Garcia vai vetar a proposta de Nixon.

O recado é é do diretor de Planejamento e Gestão Sustentável da Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Sustentável, Sérgio Widerheker. “Estamos estudando-o para que seja vetado da maneira como foi aprovado, pois contraria parâmetros do Plano Diretor”.