Isaura é contra VLT. Decerto quer defender os triciclos do marido Euler Ivo

Na Assembleia Legislativa, Túlio Isac (PSDB) teve que se engalfinhar agora há pouco com deputados da oposição, que fazem um movimento para atacar as obras do VLT, do governo do Estado, na Capital. “Já que é crime o VLT, é bom falar com a presidenta Dilma, pois o dinheiro está vindo de lá”, disse Túlio.

Ele respondeu críticas da deputada Isaura Lemos, que, pasme, defende corredores de ônibus ao VLT – o veículo leve que deslizará sob trilhos.

Túlio não perdeu a oportunidade e relembrou que Isaura deve ser mesmo entendida de transporte, pois tem fama na área. “Espero que a senhora já tenha resolvido aquele negócio em Piracanjuba, pois abriram uma fábrica de motos, venderam e não devolveram”, disse Túlio.

Isaura riu na hora. Consta que entre os fatos ocorridos na época, nos anos de 2001 e 2002, o vereador Euler Ivo, marido de Isaura, usou de um empréstimo realizado por Sebastião Mauro, mecânico de motos e empregado de sua fábrica de triciclos, localizada na zona rural de Piracanjuba, para desviar valores para seus interesses particulares.

“Não tenho um caso de prejuízo para alguém. Pode vasculhar minha vida. Já fui julgada”, defendeu Lemos, que ‘sonhou’  um dia com uma fábrica de triciclos trazida da China. Ai, a Isaura acordou.