Em editorial, Rádio 730 diz que Paulo Garcia rejeita Goiânia: “virou terra de ninguém”

Texto publicado no portal da Rádio 730 (www.radio730.com.br)

O prefeito quer ser governador, os vereadores vão a deputado. Por que os políticos rejeitam Goiânia?

A cidade está sem defensores e o fato é que virou território de ninguém. Goiânia é um depósito de votos disputado por 500 candidatos a cargos parlamentares, que só dão as caras para recolher os destroços no dia das eleições. Na hora de reivindicar benefícios, os parlamentares ouvem mais quem grita mais forte. Goiânia não tem nem voz.

Proporcionalmente, a Capital recebe menos benefícios que qualquer cidade do interior. Quanto menor o município, maiores os recursos obtidos. Isso não é esperteza dos políticos do interior, é resignação dos moradores de Goiânia. Quando o governo estadual manda uma caminhonete para a Polícia Militar de uma localidade com 4 mil habitantes, deveria entregar 325 para o patrulhamento das ruas da Capital. A mesma conta vale para ambulâncias, agentes de saúde e equipamentos públicos.

Quase todos os deputados recebem mais votos em Goiânia que nas denominadas “bases”. Para eles, base é só interior, esquecendo-se de que o Jardim América sozinho é mais populoso que o Nordeste goiano inteiro. A Região Noroeste de Goiânia tem mais eleitores que a soma das cem menores cidades goianas. Claro que os municípios do interior merecem as obras e os serviços, até para reduzir as desigualdades regionais. Mas Goiânia está carente de representante. Até os vereadores, mal tomam posse e já somem atrás de votos bem longe, visando a Assembleia Legislativa. O prefeito também é reeleito, nem começa o novo mandato e está mirando o governo do Estado.

Os índices de desenvolvimento humano revelam o resultado desse desprezo. Cidades como Chapadão do Céu superam até os bolsões ricos da Capital. Na lista de exportação, Goiânia perde para cidades menores que um prédio de duas torres. Por isso, as cidades do interior são tão aprazíveis que os goianienses tentam imitá-las pagando caro para morar em condomínios horizontais. Em troca, o morador de Goiânia tem um trânsito maravilhoso, um ar sem poluição, saúde pública nota 10 e o melhor transporte coletivo do País. Rá, rá, rá, rá…