Para se vingar da fritura de 2010, Meirelles aconselhou Friboi a articular-se em Brasília

Como a vingança é um prato que se come frio, o financista Henrique Meirelles, gelado como deve ser um operador de mercado, esperou o momento certo para dar o troco em Iris Rezende. Como se sabe, em 2010, o goiano deu um baile em Meirelles e jantou sua candidatura ao governo de Goiás. O banqueiro ficou na saudade e agora vai à revanche.

Presidente da holding dos Friboi, ele aconselhou Júnior Friboi a articular sua filiação em Brasília, com a cúpula nacional do partido. Assim, evitaria as matreirices do velho cacique goiano. E mais: foi Meirelles quem abriu as portas do gabinete do vice-presidente ao empresário.

Agora, Meirelles deve estar dando boas gargalhadas.