Crise dos jornais: Estadão reduz números de páginas para tentar sobreviver ao avanço da internet

No Brasil, a crise dos jornais é mais visível no Estado de S. Paulo.

Nesta segunda-feira, o Estadão estreia o novo projeto gráfico.

Na verdade, trata-se de uma tentativa desesperada de sobrevivência, que inclui mudanças editoriais e demissão de dezenas de profissionais e no enxugamento dos cadernos.

O jornalão dos Mesquita enxuga o número de páginas para tentar sobreviver ao avanço da internet.

Difícil.