Júnior Friboi: de candidato festejado a carne podre – sem trocadilhos – do PMDB

Política, como dizia um famoso político da UDN mineira, é como nuvem. Muda a cada minuto.

Antes aclamado e festejado como candidatíssimo do PMDB ao governo do Estado, e apontado como nome forte para derrotar o governador Marconi Perillo (PSDB), o empresário Júnior Friboi virou carne podre – sem trocadilhos – no partido.

Quem provocou essa mudança no cenário foi Iris Rezende (PMDB).

Ao declarar que não vai à solenidade de filiação de Friboi, Iris deixou claro que não aceita a forma como a postulação do empresário ao governo foi imposta goela abaixo pela cúpula do partido.

Iris anunciou, nas entrelinhas, que ele é o candidato do PMDB a governador. E quem estiver com Friboi, está contra ele.

A tendência, naturalmente, é que os deputados caminhem com Iris. Afinal, ele é o dono dos votos do partido no Estado.

Friboi pode ter muito dinheiro, mas sem o apoio do ex-prefeito, vira carne podre.

Ou carne frita.

 

LEIA MAIS:

Rei das trapalhadas: Friboi articula em Brasília e deixa Iris Rezende pra lá de irritado

Racha no PMDB: fritado, Iris vai boicotar filiação de Júnior Friboi ao partido

Friboi implora para Iris participar de sua candidatura e sente que fritura está próxima

Com nota no Giro, Iris declara aberta temporada de abate de carne de Friboi no PMDB

Para quem duvidava da ira de Iris, a prova: ele não vai à filiação de Friboi no PMDB

Friboi no PMDB… Só falta combinar com Iris, diz jornal Tribuna do Planalto