Salário de R$ 19.500 para diretor da Assembleia é “descabido e exagerado”, diz Claudio Meirelles

Sempre muito incisivo, o deputado estadual Claudio Meirelles (PR) irrompe nesta quinta-feira nas páginas do Diário da Manhã para criticar os altos salários dos diretores e detentores de cargos equivalentes na Assembleia Legislativa.

Durante a tramitação do projeto de resolução que “diminui” os salários dos diretores para R$ 19.500,00, Claudio apresentou emenda reduzindo esse valor para R$ 18.500 e registrou: “Para ser sincero, acho esses salários de diretores aqui na Assembleia totalmente descabidos, exagerados”.

Claudio acrescenta que um diretor de Secretaria de Estado ganha R$ 9.000 e arremata: “Esse valor estaria de bom tamanho para os diretores da Assembleia.