Na base da mordaça, Clécio Alves impede estudante de falar na tribuna na Câmara

Agora há pouco, a doutora Cristina (PSDB), vereadora por Goiânia, convocou o presidente do Diretório Central dos Estudantes (DCE), Flavio Gomes, para falar na tribuna da Câmara Municipal de Goiânia, mas o presidente da Casa, Clécio Alves (PMDB), disse em alto e bom som:  “A senhora não tem essa autoridade, não!”

Clécio tentou evitar que o representante popular falasse a respeito das modificações do Plano Diretor, que atendam aos interesses dos grupos econômicos.

Cristina disse que tinha quatro minutos e dez segundos para que o estudante se manifestasse.  Ela adotou a estratégia de não falar em seu tempo, abrindo espaço para que, das arquibancadas, os estudantes usassem megafones e atacassem o projeto de Iris Rezende, Paulo Garcia e Clécio Alves que serve de base de troca a um pagamento de R$ 1 milhão doados em campanha para peemedebistas.