Cauteloso, Hélio Telho não endossa “denúncia” da revista Carta Capital

Habitualmente duro e quase sempre a favor de qualquer tipo de denúncia contra o Governo do Estado, o procurador Hélio Telho reagiu com extrema cautela à “reportagem” da revista Carta Capital que fala em grampos em Goiás – mas não apresenta provas.

Em sua conta no Twitter, Telho não endossa a suposta denúncia e sugere que o material está apenas servindo para o combate político entre marconistas e adversários.

Não fala também sobre as informações que, segundo a revista, teriam sido entregues ao Ministério Público.

 

Leia os tuítes de Hélio Telho sobre a Carta Capital:

 

Helio Telho @HelioTelho
Curiosas as reações maniqueístas à matéria da @cartacapital. Para oposicionistas, a culpa já esta provada. Marconistas atacam a revista.

Para os maniqueístas da situação marconista e da oposição, não interessa a verdade. Importa apenas as sua respectivas versões.