Cada vez mais estranho: site oposicionista tem cópia de todo o “material” em poder do MPF

O procurador federal Hélio Telho informou, em seu Twitter, talvez até inocentemente, que o site oposicionista Diário de Goiás detém cópia de todo o “material” recebido pelo Ministério Público Federal no caso dos supostos grampos denunciados pela revista Carta Capital.

É muito estranho.

O “material”, segundo a nota oficial do MPF, seria um pendrive e seu conteúdo, pelo que se sabe, seriam os DMs (mensagens fechadas) trocados no Twitter entre os envolvidos.

Mais estranha ainda fica essa história quando se lembra que o procurador Hélio Telho disse ter sido procurado por Gercycley Batista, funcionário do ex-secretário Jorcelino Braga, e por um jornalista – cujo nome ele não quis declinar, pelo menos até agora.

Seria esse jornalista um dos membros da equipe do Diário de Goiás? Por que o procurador não quer revelar o seu nome? E, se agora aparece uma cópia do”material” em poder do Diário de Goiás, quem levou até eles?

Tá tudo cada vez mais esquisito. Muito esquisito mesmo.

 

Leia o post do procurador federal Hélio Telho na sua conta no Twitter:

 

Helio Telho @HelioTelho

@signates O PGR analisará se há elementos suficientes para abrir investigação criminal no STJ. @diariodegoias tem copia de todo o material.