Recado de um leitor a Paulo Garcia: político tem de se colocar no lugar da população

É grande a bronca do goianiense com a patuscada patrocinada pelo prefeito Paulo Garcia (PT) com o Plano Diretor. Em carta endereçada e publicada pelo jornal O Popular, o leitor Aurus Nathan afirma que as mudanças aprovadas pela Câmara Municipal comprometem o direito de ir e vir do cidadão e dá um conselho ao prefeito incauto: coloque-se no lugar da população.

Veja a carta:

Plano Diretor

Após ler a matéria do POPULAR, no dia 26 de abril, sobre o Plano Diretor, gostaria de dar a minha opinião sobre o fato ocorrido. Não sou a favor das novas regras, e acredito que várias pessoas pensam da mesma forma, pois acredito que a liberdade, em todos os sentidos, termina no direito de outro indivíduo. Ou seja, a permissão de construir em qualquer local, perturbando as pessoas daquela região, e degradando o meio ambiente não seria adequada ao direito de nenhum cidadão.

Então, os políticos deviam colocar-se no lugar da população. Acredito que uma das causas da aprovação seria o ganho que se teria mais tarde. Construir mais e mais, tornando a cidade ou o Estado mais “rico”, não serviria de nada tratando-se da privacidade das pessoas e do meio ambiente.

Aurus Nathan
Goiânia – GO

 

LEIA MAIS:

Para quem já quis vender áreas próximas ao Paço, alterar Plano Diretor é fichinha

Sustentabilidade sofre duro golpe em Goiânia, afirma Tribuna do Planalto

Tá explicado: triangulação para doação de campanha justifica mudança no Plano Diretor

Plano Diretor: Paulo Garcia não está nem aí para os vetos do Ministério Público

Djalma: Iris está por trás do rolo compressor que aprovou alterações do Plano Diretor