Omisso: projeto mais importante da pauta de fim de ano do Senado é votado e aprovado sem a presença de Wilder Morais

A PEC do Teto dos Gastos do governo federal foi votada e aprovada nesta terça-feira pelo Senado Federal em segunda e última apreciação.

Da bancada goiana, os senadores Ronaldo Caiado, do DEM, e Lúcia Vânia, do PSB, votaram SIM ao projeto, que congela os gastos do governo federal por 20 anos.

O terceiro membro da bancada goiana, Wilder Morais, do PP, simplesmente não apareceu, não votou, é lógico, e não apresentou nenhuma justificativa para a sua ausência.

Pegou mal.