Vereadores, entidades, OAB, população. Todos estão contra o prefeito Paulo Garcia

O prefeito de Goiânia, Paulo Garcia (PT), fez ouvidos moucos para a montanha de reivindicações e protestos contrários à sanção das mudanças no Plano Diretor. Mas a população vai dar o troco contra a arrogância e prepotência do prefeito.

Ao afrouxar as regras de ocupação da cidade, Paulo entregou a Capital nas mãos do setor imobiliário e dos seus ricos financiadores de campanha. Mas o tempo de impunidade acabou. Vereadores, OAB e entidades estão se organizando para apresentar um projeto popular que visa revogar as alterações.

Goiânia não pode ser refém de pessoas e grupos que pagaram as contas de campanha do prefeito.

E não vai ficar.