Problema que não acaba mais: além da falta de câmeras, vereador não tem microfones

Além da aguda falta de câmeras, que deixa os fotógrafos a serviço da Casa de braços cruzados e sem trabalho para fazer, a Câmara tem outro sério problema estrutural: os microfones do plenário estão quase todos estragados.

Quem acompanha a sessão pela TV Câmara vê os vereadores perambulando pelo plenário à procura de  microfones que estejam funcionando. São mais de 30 espalhados pelo local, mas pouco mais de cinco ainda têm serventia. Na sessão de hoje, Antônio Uchôa (PSL) formalizou a reclamação ao presidente Clécio Alves (PMDB). A exemplo do que disse a respeito das câmeras, Clécio disse que este é um problema “passageiro”.