Problemas do dia-a-dia também atormentam Paulo Garcia: tem um buraco no meio da rua

Não bastassem a celeuma em cima do Plano Diretor, o caso de corrupção na AMMA e a barulheira em torno da intervenção na avenida T-63, o inferno astral do prefeito Paulo Garcia ainda é agravado pelos pequenos problemas do cotidiano de Goiânia.

É o caso de um buraco na rua 132-B, setor Sul, que os moradores da região pedem há um mês para a Prefeitura consertar- e até hoje nada.

O promotor João Neder, um desses moradores, já escreveu duas cartas a O Popular, sem que fosse atendido pela Prefeitura, enquanto o buraco segue aumentando de tamanho.

 

Veja a última carta, publicada na edição desta quarta-feira:

 

Buraco no Setor Sul

Depois da publicação do meu pedido para que a Prefeitura de Goiânia mandasse proceder os reparos necessários – para evitar acidentes – no buraco existente na Rua 132-B, na esquina da entrada da Rua 132, no Setor Sul, pensei que isso ocorreria logo, mas são decorridos mais de 30 dias e o buraco continua sendo o mesmo que ameaça a segurança das pessoas que por lá transitam, agora com maior perigo, pois, além de estar cada dia maior com a quebra do meio-fio, o bueiro que forma o conjunto perigoso aparece coberto de folhas, ocultando dos pedestres e dos motoristas o perigo que os aguarda.

Se era o período das chuvas que impedia a feitura dos serviços de reparo nas Ruas 132 e 132-B, que alguém avise o senhor Luciano de Castro, que as chuvas não estão caindo ultimamente. Continua chovendo, sim, na conta mensal dos funcionários, de todos eles, até mesmo dos que não estão dando à cidade em serviço o bom ordenado que dos cidadãos recebem.

João Neder
Setor Sul – Goiânia