AD

Conselho de Arquitetura pede providências judiciais contra Plano Diretor de Goiânia

O Conselho de Arquitetura e Urbanismo de Goiás (CAU) protocolou hoje, no Ministério Público do Estado, documento que pede providências judiciais contra a esculhambação do Plano Diretor da Capital, patrocinada pelo prefeito Paulo Garcia (PT). O documento também traz um parecer técnico – algo que o Paço também diz ter, mas nunca apresentou.

O MP já se manifestou, em ocasiões anteriores, favorável à revogação das alterações do Plano Diretor.