Cristina vai ao MP hoje atrás de documentos e ameaça até deixar a CEI da Amma

Está acontecendo o que todo mundo previa que fosse acontecer: a bancada da pizza, encabeçada pelo presidente Clécio Alves (PMDB), pela líder do prefeito, Célia Valadão (PMDB), por Carlos Soares (PT) e Tayrone di Martino (PT) caminha a passos largos para enterrar a CEI da Amma na Câmara Municipal.

Hoje, em entrevista à Rádio Bandeirantes 820 AM, a vereadora Cristina Lopes (PSDB), voz minoritária da oposição na CEI, afirmou que vai por conta própria ao Ministério Público pedir documentos a respeito do escândalo que provocou a investigação e, diante da clara tentativa de “lentilização” por parte dos colegas, ela ameaça deixar a CEI.

A Comissão foi criada para apurar os suspeitos implicados pela operação Jeitinho, que apurou uso indevido de influência política para avançar ou travar  a liberação de licenças ambientais na Agência Municipal de Meio Ambiente (Amma). Na operação, o vereador Paulo Borges (PMDB) foi preso e Wellington Peixoto (PSB) conduzido à força para prestar depoimento.