Pablo Kossa lista “10 motivos para não perder o Paul McCartney”

Leia artigo do jornalista Pablo Kossa, publicado no site A Redação:
1-  Paul McCartney é o maior músico vivo. Talvez até o maior artista vivo se ampliarmos para todas as linguagens. A obra do cara é inconteste, reconhecida tanto por eruditos quanto pelo populacho.

 

2-  Os Beatles fazem parte do imaginário mundial. Mesmo que você não saiba nada de música e pense que Roberto Carlos foi um excelente lateral-esquerdo, vai ter algo no show que tocará sua memória afetiva.

 

3-  É um evento histórico para Goiânia. Depois do Papa João Paulo II, Paul é a maior personalidade mundial que terá pisado nessa terra.

 

4-  O show é divertidíssimo. Tive a oportunidade de assistir Paul em 2010 no Morumbi e é espetacular. Três horas que voam. Emoção do começo ao fim.

 

5-  Os preços dos ingressos estão dentro da média dos cobrados em eventos internacionais no Brasil e também dos nacionais em Goiânia. Além disso, tenho certeza que você já gastou mais com coisa pior na balada por aí…

 

6-  Para quem é goiano e foi criado admirando Zé Teodoro, Uidemar, Túlio, Bé, Sabino, Valdeir, Luvanor, dentre tantos outros, brilhando no gramado do Serra Dourada é mais emocionante ainda ver aquele baixo Hofner em cima do gol onde comemoramos tantos triunfos.

 

7-  O repertório do cara é imbatível. Veja o set list dos últimos shows e olhe se estou dizendo alguma bobagem.

 

8-  É uma ótima oportunidade para fazer a média com os pais. Afinal, eles vão curtir um baita presente como esse.

 

9-  Por outro lado, também é uma baita chance de aplicar os filhos nos bons sons. O impacto do show do Paul marcará os baixinhos para sempre e os colocará no caminho certo.

 

10- Por fim, duvido que você tenha algo melhor para fazer em uma baita segundona, né?

 

http://aredacao.com.br/colunas/27567/pablo-kossa/10-motivos-para-nao-perder-o-paul-mccartney

 

LEIA MAIS:

Goiânia esnoba Paul McCartney: em BH, ingressos acabaram em 24 horas, aqui ainda tem – e muito

Ingressos para ver Paul McCartney estão esgotados… em Belo Horizonte. Em Goiânia, ainda estão disponíveis

Krebs e breganejos têm algo em comum: lutam contra o show de Paul McCartney

De Paul McCartney para os radialistas indignados com mudanças no Goianão: let it be

No Twitter, jornalista confessa que é marconista “ainda mais depois do Paul McCartney”

Diário de Goiás prefere jogo do Goiás a show de Paul McCartney no Serra Dourada