Deputado Caiado lidera ato de provocação ao PT na Câmara

O corredor da Câmara dos Deputados, cujas paredes têm uma exposição que comemora os 33 anos do PT, foi tomado por uma confusão. Parlamentares do DEM incluíram nos cartazes dos petistas um enorme painel sobre 2005, intitulado “O ano do mensalão”. Na placa, há manchetes de jornais e revistas sobre o esquema investigado pelo Supremo Tribunal Federal e imagens do ex-presidente Lula e de réus condenados no processo.

Ao site Goiás 247, um petista afirmou que o partido tomará providências, pois na Casa “não é permitido simplesmente chegar e colocar um painel na parede, existe um processo para que se aprove a exposição”. “Que coisa de moleque! Isso é falta de respeito!”, bradou o deputado Amaury Teixeira (PT-BA), antes de tirar o painel da oposição do local. “Eles roubaram até a placa do mensalão”, ironizou o deputado Onyx Lorenzoni (DEM-RS).

Quem colocou em exposição o painel do Democratas foi o líder do partido na Câmara, Ronaldo Caiado (GO), que publicou fotos do ato e a imagem do painel em seu perfil no Twitter. “Fico satisfeito com o fato do PT levar o painel sobre o mensalão para a Liderança do PT. Agora podem refletir sobre o que fizeram em 2005”, escreveu. “2005 foi o ano que o PT quis esquecer, mas que o Brasil não admite empurrar para debaixo do tapete”, publicou Caiado, em seguida.

Veja o vídeo.