AD

Mauro Rubem pede assinaturas para o manifesto a favor da regulação (censura) da mídia

Em seu Twitter, o deputado estadual Mauro Rubem assume mais uma vez a face autoritária do PT e ensina como os interessados – se é que existem, fora do PT – podem assinar o manifesto a favor da regulação da mídia brasileira.

Descaradamente, os petistas chamam o projeto de “Lei de Democratização da Mídia”, uma piada e uma afronta a toda a sociedade.

A regulação da mídia é repudiada por toda a imprensa nacional e por todas as instituições com prometidas com as liberdades civis no país. Na verdade, é uma antiga tentativa do PT de reproduzir no Brasil mecanismos que são usados na Argentina e na Venezuela, com o objetivo último de censurar os meios de comunicação.

Mauro retuitou um post que dá o endereço eletrônico do tal manifesto pró-garrote da mídia. Há dois anos, ele coordenou em Goiás a realização da reunião local da Conferência Nacional de Comunicação, também um movimento nacional do petismo para forçar a “democratização” da mídia.

O professor Luiz Signates foi um dos palestrantes do encontro, realizado na Assembleia Legislativa – aliás, um fiasco em termos de comparecimento.

 

Veja o post de Mauro Rubem:

 

André Merli @merliriopardo

Por que assinar o abaixo assinado para o Projeto Lei de Democratização da Mídia e como fazer para assinar – http://bit.ly/113lrEe
Retweetado por Deputado Mauro Rubem

 

LEIA MAIS: 

Para lembrar os democratas de araque: Dia Mundial da Liberdade de Imprensa foi comemorado nesta sexta

Radialista de Goianésia defende o bom humor do blog Goiás24Horas

CNJ faz campanha pela liberdade de expressão. Goiás24horas apoia