Alô Paulo Garcia: especialista em marketing diz que “nome do jogo hoje é transparência”

Provocado a comentar, na revista Veja, a atitude de alguns políticos de patrocinar exércitos de tuiteiros falsários para propagar o seu discurso nas redes sociais, o especialista em marketing politico pela ESPM Victor Trujillo deixa um recado que cabe bem ao prefeito Paulo Garcia (PT):  “O nome do jogo hoje é transparência, honestidade. Os eleitores estão muito sensíveis. Se o candidato é desonesto já com uma coisa simples, isso diz tudo para o eleitor”, afirma Trujillo. “Essa é uma ação obsoleta, que não funciona e os resultados são contraproducentes do objetivo que se quer alcançar. Gera um desgaste perante a opinião pública.”

O site Goiás24Horas informou esta semana, com exclusividade, os salários de dois cabos eleitorais contratados exclusivamente para atacar adversários nas redes sociais: Luiz Bruno Roriz (mais de R$ 2,7 mil) e Luiz Cascão (mais de R$ 5,1 mil).

Na prefeitura, ninguém sabe dizer onde ou que horas eles dão expediente. Nem o prefeito explica.