AD

“Anti-marconismo em pessoa”: assim Nilson Gomes define o colega Cléber Ferreira

A defesa acalorada que o radialista Cléber Ferreira faz da oposição no debate matinal da Rádio 730 incomodou o diretor de jornalismo da emissora, Nilson Gomes, com quem divide os microfones diariamente.

Nesta segunda-feira, Nilson e o colega Diogo Luz diziam que o PMDB envelheceu e não renovou o discurso para enfrentar Marconi Perillo (PSDB) em 2014. Cléber levantou-se apaixonadamente para contra-atacar, e dizer que o partido está sintonizado com os anseios do Estado – como faz sempre.

Nilson mandou na lata: “ah, Cléber. Você é o anti-marconismo em pessoa”.

Cléber negou. Assim como negou ter sido contratado pelo ex-presidente da Agecom Marcus Vinícius Felipe para censurar o colega Paulo Beringhs no ar, em 2010. Foi Cléber o destinatário da famosa frase: “fique com seu emprego que eu fico com a minha dignidade”.