Tiãozinho Porto: este é o vereador que retardou análise do decreto que impediria cobrança de multa do puxadinho

Guarde bem a cara deste vereador. O nome dele é Tiãozinho Porto (Pros) e foi dele o pedido de vistas que impediu a votação, nesta terça-feira, do projeto de decreto legislativo que barraria a cobrança de multa contra goianienses que constroem puxadinhos em seus imóveis.

O autor do decreto, Eduardo Prado (PV), argumenta que a multa do puxadinho – instituída pelo prefeito Iris Rezende (PMDB) – é ilegal.

Vale dizer que o texto tramita na Câmara desde fevereiro. Se Tiãozinho pediu vistas agora, é para protelar a análise da matéria.

É manobra.