Com Friboi isolado no PMDB, objetivo do PT é lançar Gomide com Vanderlan ao Senado

As declarações do deputado federal Rubens Otoni (PT) à coluna Giro, do jornal O Popular, projetam o novo caminho que o PT esboça seguir. Desanimados com a inconsistência de Friboi e sua incapacidade de aglutinar o PMDB, os petistas almejam agora traçar um caminho paralelo, com Antonio Gomide candidato a governador e Vanderlan Cardoso na disputa ao Senado.

Caso consiga, o PT mata dois coelhos com seu cajado: 1) reduz o PMDB à insignificante e inédita posição de coadjuvante na eleição ao governo; 2) isola o deputado federal Ronaldo Caiado, adversário ferrenho da presidente Dilma Rousseff.

A única ameaça aos planos do petismo é o ex-prefeito Iris Rezende. Se ele entra no jogo, zeram as articulações na oposição.