De filho para pai: Daniel Vilela livra Maguito de denúncias em relatório da CPI do Cachoeira

O deputado estadual Daniel Vilela (PMDB), um dos autores do relatório paralelo que será entregue à CPI do Cachoeira na Assembleia Legislativa, tomou o cuidado de livrar o pai – prefeito de Aparecida, Maguito Vilela (PMDB) – de todas as suspeitas e denúncias oriundas de depoimentos e documentos colhidos pela comissão. O relatório será oficialmente apresentado hoje.

Daniel fechou os olhos para o fato de Maguito ter assinado contratos vultosos para tratamento de lixo com a empresa Delta, braço operacional do contraventor Carlinhos Cachoeira. Não foi só o prefeito de Aparecida que se beneficiou da complacência de Daniel e do seu parceiro Mauro Rubem (PT): todos os outros políticos do PT e do PMDB arrolados na investigação foram inocentados no parecer paralelo.

Para desviar o foco do indiciamento de prefeitos e deputados dos dois partidos, Daniel e Mauro Rubem concentraram artilharia contra o governo estadual, que afirmam ser suspeitos de envolvimento com irregularidades.