Em Morrinhos, Caiado comete crime eleitoral ao pedir voto para Wilder. Veja no vídeo

O senador Ronaldo Caiado (DEM) cometeu crime eleitoral no último domingo, na cidade de Morrinhos.

Num encontro de muladeiros, onde também estava Wilder Morais, Caiado pediu voto para o colega, o que é vetado pela Lei Eleitoral. Só pode pedir voto e fazer campanha a partir do dia 15 de agosto.

“Nós temos aqui aquele que é meu companheiro de chapa, que é o Wilder Morais senador da República, que aqui peço aplausos e o voto para que possamos reconduzi-lo ao Senado”, disse Caiado.

Veja abaixo: