Desmoralizado: líder de Iris na Câmara orienta voto e só 2 obedecem

Aconteceu nesta quarta-feira, na Câmara Municipal, mais um episódio que dá medida da desmoralização do líder da bancada de Iris Rezende (MDB), Tiãozinho Porto (Pros). Ele orientou voto contra o pedido de vista de Paulo Magalhães (PSD) a um projeto que regulariza edificações com sete andares em Goiânia, mas somente 2 obedeceram sua ordem: Romário Policarpo (PTC) e Vinicius Cirqueira (Pros). 

Pode-se dizer, portanto, a “bancada” de Iris na Câmara tem 3 vereadores.