Façanha de Wilder: apesar da derrama de dinheiro, caiu de 1,4% para 1,1%

A pesquisa Serpes divulgada neste domingo pelo jornal O Popular deu mostras do quanto o senador Wilder Morais (DEM) é uma nulidade.

Apesar das montanhas de dinheiro ele despejou na campanha nos últimos meses, Wilder cravou nada mais do que 1,1% no levantamento. Três décimos a menos do que havia registrado na rodada anterior, de 9 de abril. 

Wilder é a prova de que não adianta injetar fortunas numa eleição se não há uma cabeça pensante à frente do processo. Conquistar votos é diferente de comprar reses para o pasto.