Caravana dos deputados oposicionistas vai de micro-ônibus ouvir Vanderlan. Só 11 deputados e 2 ou 3 assessores

Na primeira caravana, eles foram de ônibus a Aparecida, onde ouviram um sabão do prefeito Maguito Vilela: “Não é hora de falar em eleição”, disse Maguito na oportunidade.

Cobrado pelos deputados, Maguito disse ainda que não abriria mão do seu excelente relacionamento com o governador Marconi Perillo.

Na segunda, foram a pé mesmo até a cobertura de Iris, no Solar dos Buritis, perto da Assembleia. A reunião foi um tédio só, sem novidade, e ninguém comentou nada, nem Iris nem os deputados.

A terceira, nesta quarta-feira de manhã, foi até Vanderlan Cardoso, em Senador Canedo (para dar um clima, já que Vanderlan mora em Goiânia, no Alphaville e poderia ter recebido os parlamentares em sua casa).

Tão pouca gente na caravana que couberam todos em um micro-ônibus, quase uma van, conforme se vê na foto dos 11 esforçados parlamentares que se animaram ao sacrifício e mais dois ou três assessores.

De Vanderlan, ouviram o que já se conhece. Terceira via e a tradicional anomia, ou seja, falta de objetividade que é a característica principal da conversa do empresário.

Um desânimo só. Mas isso não é nada perto do que vai ser o encontro com Júnior Friboi.