Dirigente do PMDB de Anápolis ataca Michel Temer e Friboi e sai em defesa de Iris Rezende

O racha no PMDB provocado pelo ingresso de Júnior Friboi na legenda se agrava.

O jornalista e vice-presidente do partido em Anápolis, Dilmar Ferreira, escreveu artigo em que critica o empresário Júnior Friboi e o vice-presidente Michel Temer.

Dilmar pergunta: “Enquanto Iris estava sendo cassado pela ditadura militar, onde estavam Michel Temer e Júnior do Friboi? Quando Iris criou em Goiás o MDB, onde estavam eles? Quando o PMDB goiano foi fundado, onde estava essa gente?”

O jornalista ameaça: “Se o PMDB nacional tentar impor a candidatura de Friboi goela abaixa dos goianos, seus dirigentes vão arrepender-se amargamente…”

Veja trechos do artigo:

 

Respeitem Iris Rezende

Não tenho nada contra o senhor Júnior do Friboi, mas administrar uma empresa privada é muito diferente de dirigir um estado. Para início de conversa até a contabilidade pública é totalmente diferente da privada e com o advento da Lei de Responsabilidade Fiscal, a administração pública ficou ainda mais complicada. Será que Júnior do Friboi conhece os princípios fundamentais da LRF? Seria melhor para ele aprender antes como é uma gestão pública para depois buscar o cargo de governador. Por isso defendo a tese de que nunca Goiás precisou tanto da experiência de Iris como agora, ou seja, nas próximas eleições.

Se o PMDB nacional tentar impor a candidatura de Friboi goela abaixa dos goianos, seus dirigentes vão arrepender-se amargamente porque ninguém tem o direito de menosprezar a biografia de Iris Rezende Machado, um dos goianos mais perseguidos pela ditadura militar e foi ele quem fez a estréia nacional da Campanha das “Diretas Já”. Essa biografia tem que ser respeitada e quem ousar passar por cima do Diretório Estadual do PMDB estará provocando uma sangria irrecuperável porque seria um afronta a quase um milhão e meio de eleitores que votaram em Iris em 2010 e todos eles estão ávidos para levá-lo novamente para o Palácio das Esmeraldas para salvar Goiás.

O vice-presidente da República e o presidente nacional do PMDB vão ter que enfrentar o povo nas ruas se medida for tomada de cima para baixo. Uma coisa o senhor Michel Temer pode ficar sabendo: em Goiás o Dr. Iris é maior do que o PMDB. Para finalizar essa análise, deixo aqui uma pergunta: Enquanto Iris estava sendo cassado pela ditadura militar, onde estavam Michel Temer e Júnior do Friboi? Quando Iris criou em Goiás o MDB, onde estavam eles? Quando o PMDB goiano foi fundado, onde estava essa gente? Uma última lembrança: quem foi o responsável pelo crescimento do PMDB em Goiás e quem o manteve grande todos esses quarenta anos? Pense nisso antes de pisar em uma biografia da dimensão da de Iris Rezende Machado.

Dilmar Ferreira é jornalista e vice-presidente do PMDB de Anápolis