Euler Belém, do Jornal Opção, critica “desfaçatez” dos organizadores da pecuária

A morte de Luan Bictor, 22, alvejado por um policial civil na pecuária de Goiânia, provocou verdadeira comoção nas redes sociais na madrugada deste sábado. Além de Deco Martins, que acompanhou o caso in loco e disse que a versão do suspeito é “conversa para boi dormir”, o jornalista Euler Belém, editor do jornal Opção, criticou a “desfaçatez típica” dos organizadores do evento, que costumam sugerir que não tem nada a ver com fatalidades que sempre acontecem, e cobrou do presidente da Sociedade Goiana de Pecuária e Agricultura (SGPA) que se manifeste sobre o caso e responda à pergunta: como deixaram uma pessoa entrar armada na pecuária?